• Notícias

    O projeto de extensão Comunica FEF torna público o resultado da seleção para bolsista do curso de Comunicação Social - Jornalismo. A iniciativa visa estimular e viabilizar o engajamento de estudantes de graduação dos cursos de Educação Física e Comunicação Social, regularmente matriculados na Universidade de Brasília, para desenvolver atividades de planejamento e produção de conteúdo nas mídias sociais da FEF/UnB.   Resultado final (Jornalismo) Resultado final (Educação Física) Clique aqui para conferir a chamada pública na íntegra

  • Notícias

    A Comissão Organizadora da Consulta 2021 para escolha de Diretor(a) e Vice-Diretor(a) da Faculdade de Educação Física (FEF), quadriênio 2022-2025, deu início aos trabalhos neste mês de julho. O grupo, composto por representantes dos quadros docente, técnico e discente, já realizou duas reuniões, nas quais foi discutida e aprovada a proposta inicial da resolução que regulamentará o processo eleitoral interno. O documento foi encaminhado para aprovação do Conselho da FEF.   Membros da COC 2021 em reunião remota pelo Zoom. Imagem: Reprodução   A proposta da comissão é que a consulta à comunidade da FEF seja realizada por meio do sistema de votação eletrônica Helios Voting, em razão das medidas de distanciamento social impostas pelo combate à pandemia da Covid-19. O software já foi utilizado em outros pleitos da Universidade de Brasília, como na última eleição para reitoria da universidade.   Entre as atribuições da comissão, constam: estabelecer o calendário de consulta (prazos para inscrição de chapas, divulgação das propostas, debate entre candidatos(as) e data da votação), compor os documentos eletrônicos necessários (fichas de inscrição, listas de votação, cédula eletrônica de consulta), além de coordenar, fiscalizar e supervisionar a consulta de modo geral. Mais informações serão divulgadas gradualmente de acordo com o cronograma da resolução a ser aprovada pelo Conselho da FEF.   A comissão é formada pelos docentes Paulo Henrique Azevêdo e Pedro Fernando Avalone Athayde, pela servidora técnico-administrativa Sílvia Mendonça Carneiro e pela estudante Gabriela da Silva Moraes, sob a presidência do primeiro.

  • Notícias

    A Faculdade de Educação Física apresenta mais uma matéria da série LabFEF, em que conhecemos juntos todo mês um dos laboratórios da nossa faculdade. Se você é aluno(a) da UnB ou não, mas tem interesse em saber mais e, quem sabe, participar dos nossos projetos de pesquisa e extensão, fique ligado. Hoje conheceremos o laboratório do Grupo de Estudo em Educação Física e Saúde Coletiva (GE EFSC).   Localizado em frente ao Pátio Branco da FEF, o laboratório do GE EFSC é coordenado pela Prof.ª Dr.ª Júlia Aparecida Devidé Nogueira e conta com uma equipe formada por pesquisadores e estudantes, desde a graduação até estágio pós-doutoral. No momento, devido às medidas de segurança para o combate da pandemia do coronavírus, todas as reuniões do grupo estão sendo realizadas virtualmente.   O GE EFSC propõe reflexões e intervenções acerca de objetos, temas e fenômenos que se desenvolvem nas interfaces dos campos da Educação Física e da Saúde Coletiva utilizando, majoritariamente, referenciais teóricos ligados às ciências sociais e humanas e à pesquisa qualitativa. O enfoque das reflexões é sobre o papel da Educação Física na Promoção da Saúde, tanto nos campos de pesquisa como nos processos práticos de formação em saúde em que são vivenciados.   “O aprimoramento de uma análise crítica da realidade faz saltar aos olhos a necessidade de avanço na promoção da saúde como prática fundamentada na ética em defesa da vida, o que, sob nossa perspectiva, passa sobretudo pela redução das imensas iniquidades no Brasil e no mundo”, compartilha a Prof.ª Júlia.   Atualmente, o grupo trabalha no macroprojeto de pesquisa “Universidades e Escolas Promotoras de Saúde”. Nele, busca-se compreender os espaços de formação (escola e universidade) como locais privilegiados de vivências, experiências e aprendizados em saúde a partir das relações com a cultura corporal do movimento humano, integrando elementos da vida social à produção de subjetividades dos sujeitos da prática.   Além disso, o GE EFSC se dedica a identificar, conhecer, analisar e propor: políticas e programas institucionais e práticas promotoras de saúde; aspectos avaliativos em promoção da saúde; e percepções e vivencias relacionadas à promoção da saúde e à formação profissional em saúde, de forma a contribuir para a articulação de agendas entre ensino, pesquisa, extensão e gestão.   Projetos Atualmente, o grupo conduz projetos em vários níveis, desde trabalhos de conclusão de curso até teses de doutorado. Confira alguns temas estudados: Práticas corporais e atividades físicas como eixo de ação no Programa Saúde na Escola; Saúde de professores universitários da Educação Física e o autocuidado apoiado; Universidade de Brasília como promotora de saúde; Relação entre saúde e práticas corporais com aspectos socioambientais em escolares de comunidade ribeirinha; Saúde e estilo de vida: situação, vivências e percepções de universitários de cursos da área de saúde; Qualidade de vida de universitários da Educação Física; A Faculdade de Ciências da Saúde e o Sistema Saúde Escola Saudável; Mobilidade ativa e o desenvolvimento sustentável.